,

8 Dicas para uma Estratégia de Marketing Mobile de Sucesso

street-sign-562573_1280-800x445

A sua estratégia de marketing deve incluir imediatamente marketing mobile, e eu diria que deveria ser a sua principal preocupação, já que praticamente todo mundo está online a partir de um dispositivo móvel desde que acordam. Em outras palavras, o mundo do marketing móvel e seus inúmeros benefícios não devem ser surpresa pra ninguém.

Já escrevi outras vezes sobre esse tema e não quero soar como um vidente ou algo assim. Só quero simplesmente trazer esse ponto à tona a fim de destacar o fato de que o marketing móvel não é algo que alguém que esteja por dentro do mundo do marketing não saiba do que se trata, nem que ainda pense que é uma tendência. É uma realidade.
Fiz uma lista dos principais pontos que você, marketeiro, publicitário, branding manager – ou quaisquer outros profissionais da área – considerarem ao produzir a sua primeira estratégia de marketing mobile. Essa lista não tem a pretensão de ser um recurso teórico, mas sim um registro de aprendizados que já tivemos ao criar mais de 40 estratégias mobile no RankMyApp.

1- Aplicativo ou site?

Para mim esse “ou” não existe. Sua estratégia mobile precisa de aplicativo E site. Os seus usuários e consumidores mais fiéis procurarão o seu app e, se você não tiver um, você perderá um ponto de contato importante e com altíssima conversão. Segundo estudo, a taxa de conversão em aplicativos é três vezes maior do que no browser mobile.

A grande questão é que o App não precisa ser um investimento enorme a princípio. Escrevi sobre isso aqui no Apps Mobile: Minha empresa precisa de um Aplicativo?

2- Como seus clientes estão usando os dispositivos móveis?

análise de marketing de appsFaça uma análise para entender como seu público-alvo está usando os dispositivos. Eles usam, em sua maioria, Android ou iOS; smartphones ou tablets? Reúna esses dados e sua equipe de TI irá ajudá-lo a tomar as decisões corretas e priorizar planos de desenvolvimento. No entanto, alguns requisitos podem ficar “perdidos”. Profissionais de marketing geralmente sabem melhor o que seus clientes esperam de um aplicativo, e a partir disso, podem levar a sua ideia para o desenvolvimento correto.

3 – Conheça ASO, SEO para Apps

O que é ASO? É uma sigla para App Store Optimization, ou seja, otimização de aplicativos na App Store. Felizmente você pode contar com o RankMyApp para cuidar disso e automatizar processos de SEO do seu App. Entender como funciona a ASO é uma parte crítica para ganhar tração – e manutenção – na App Store.

4 – Conheça seus concorrentes

ConcorrênciaBaixe os aplicativos do seu concorrente. Não apenas você, mas todos em sua equipe devem saber o que está acontecendo ao redor e como a competição funciona. Desa forma, você terá ideias e também descobrirá o que eles estão fazendo bem (e mal) o que lhe dará a oportunidade de identificar formas para superá-los. O algoritmo do RankMyApp também monitora o seu mercado e concorrência para tornar a análise dos concorrentes nas lojas de aplicativos mais rápida e fácil.

5 – Meça o custo por download

Se você quer crescer de forma rápida, investir em compra de downloads pode ser um caminho interessante. Mas os custos de mídia mobile estão cada vez maiores e, se você não souber medir bem os seus retornos, você pode acabar levando grandes prejuízos na sua campanha

6 – Atinja usuários por meio das mídias sociais

Você deve considerar todos os pontos de distribuição que você ache eficiente, mas usar plataformas de mídia social certamente vai atrair usuários. A tecnologia oferece acesso quase que imediato para fazer o download do app. O uso mobile das redes sociais é muito grande e as principais redes podem te trazer um volume enorme de tráfego e downloads.

7 – Aproveite as informações de localização do usuário

Localização é uma das grandes oportunidades de marketing no celular, não apenas para ser capaz de segmentar usuários com base em onde eles estiveram no passado, mas também para projetar interações de marketing para os usuários quando eles entrarem ou saírem de determinados locais. A localização mobile é muito mais precisa do que a de websites, então os apps que podem devem se aproveitar desse recurso.

8 – Teste muito, pois o ambiente é diferente do desktop

As ferramentas e principais redes de marketing desktop também evoluíram para mobile. Por isso, muitas vezes você acaba usando a mesma rede social ou rede de anúncios para comprar downloads. Isso pode levar o profissional a manter o mesmo mindset e seguir o mesmo modelo de divulgação. Teste e veja se os seus anúncios ainda funcionam para mobile. Nas minhas experiências e testes, precisei adaptar a maioria dos anúncios, formatos e textos. Teste, veja os resultados e também se coloque no lugar do seu usuário mobile.

 

A discussão é atual e ainda não está terminada. Ainda há muito a se fazer e descobrir em marketing mobile e isso é o que eu mais gosto dessa área. E você, gostou das dicas? Tem experiências que deseja compartilhar? Coloque nos comentários e compartilhe o post.

Deixe seu comentário:

Seja o primeiro a comentar!

Notify of
avatar

wpDiscuz