,

05 FATOS PARA AJUDAR SEU PLANEJAMENTO DE MOBILE MARKETING 2018

Você conhece o AirBnb. Todo mundo conhece. Mas, nem sempre foi assim.

Acredite ou não, a empresa foi recusada por muitos investidores. A ideia parecida fadada ao fracasso, afinal, quem iria alugar a sua casa para um estranho?

E então como o AirBnb virou um negócio que vale 31 bilhões de dólares? Bom, claro que um série de fatores influenciaram.  A equipe, a ideia, o modelo de negócio, a execução… e o momento.

O AirBnb surgiu no auge da recessão dos EUA em 2008, quando as pessoas realmente precisavam de uma renda extra. E as dificuldades as ajudaram a superar as barreiras de alugar um espaço da sua casa para um completo estranho. A mesma coisa aconteceu com o Uber.

Pois é, sabemos que timing pode não ser tudo. Mas, segundo um estudo com mais de 200 empresas milionárias, o momento certo representa 42% da diferença entre o sucesso e o fracasso. Inclusive, como a única razão pela qual as startups se tornam bem sucedidas.

Contamos toda essa história para te inspirar a não perder o timing.

Leia mais

,

COMO GRANDES EMPRESAS ADAPTARAM-SE AO MOBILE

Alguma vez você precisou pagar uma conta no último segundo? Ou comprar um eletrodoméstico específico para dar de presente para alguém? E procurar qual o melhor investimento do dia ou controlar a movimentação da sua conta?

Antes, você iria ao banco e perguntaria para seu gerente, ficaria na fila do caixa eletrônico ou em uma loja de varejo na rua.

E agora, o que você faz?

Com certeza, pensa em retirar o smartphone do bolso. Os celulares são o principal recurso usado por pessoas que precisam resolver algo, tomar uma ação ou comprar alguma coisa de uma hora para outra.

Cada dia que passa, as pessoas confiam mais nos seus devices para tomar uma decisão rápida. Na verdade, em comparação há um ano, hoje, os usuários de smartphones estão 50% mais propensos a realizar uma compra imediata quando estão usando o aparelho.

O mobile faz parte integral das nossas vidas. E, por ser um canal de marketing que domina nossa atenção na maior parte das vezes, empresas de diversos setores, entenderam como é fundamental explorar esse mercado. Sair do offline e ir para o mobile.

Leia mais

,

Você (realmente) sabe qual o estágio do seu app?

Uma pergunta simples para developers, profissionais de business e de marketing mobile (ou para quem é os três): Você sabe qual o estágio do app?

Quando falamos sobre estágio do aplicativo, não estamos nos referindo simplesmente ao número de downloads. Estamos nos referindo a maturidade do produto.

Saber onde seu app se encontra vai além de defini-lo como early stage ou MVP. É mais do que achar que seu produto passou da fase de validação e, agora, entrou em uma fase growth.

É saber qual é o seu dream user. Entender porque esse usuário utiliza o seu aplicativo. É entender quais os melhores canais para conectar-se com ele.  

Precisamos que você termine esse conteúdo conhecendo verdadeiramente seu aplicativo. Isso vai ser bom tanto para você quanto para nós, profissionais de mobile marketing.

Leia mais

,

COMO MELHORAR A CONVERSÃO DO MEU APP?

Nada acontece por acaso. Meio clichê essa frase? Sim.

Mas antes de você começar a pensar em destino ou casualidade, em nossa defesa, saiba que estamos falando da aquisição de usuários.

Agora não ficou tão clichê assim, certo?

A ideia de começar esse post com esse pensamento é justamente lembrar que seu aplicativo não vai cair do céu quando um usuário precisar dele.

Seu app também não vai cair do céu, por acaso, quando um usuário pesquisar por ele.

A aquisição orgânica de usuários qualificados não é um processo que acontece assim, sem querer. Na verdade, ela é bem estratégica. É preciso um planejamento cheio de ideias criativas e insights para entrar nessa briga pela atenção das pessoas nas lojas.  

Leia mais

,

ASO e mídia paga para apps funcionam juntos?

ASO e mídia paga para apps.

Mídia para apps e ASO.

Afinal, essas estratégias funcionam juntas?  Ou faz sentido ter que escolher entre uma e outra? Sabemos que esse assunto gera muitas dúvidas. Por isso, vamos pensar juntos e, no final do post, você vai entender um pouco mais como funciona as duas estratégias.

Para começar, vamos lembrar de que o ASO é sigla de App Store Optimization, um método de aquisição orgânica de usuários por meio da otimização da página do app nas lojas.

 

app-store-optimization-aso
É, de uma forma simplista, um SEO para apps, com ROI excelente e que traz resultados bem expressivos em longo prazo.

Leia mais

GROWTH HACKS MOBILE: COMO FAZER O APP CRESCER?

Vamos ser realistas: Todos os profissionais de mobile marketing querem que o aplicativo cresça. Mas será que todos têm a consciência de que a maturidade do app é fundamental para que isso aconteça?

Antes de entrar realmente no assunto de growth hacking para apps, é importante levantar essa discussão. Aqui vão algumas premissas que podem enriquecer esse brainstorm:

1) Definir um planejamento de mobile marketing requer uma visão estratégica sobre o aplicativo. Isso significa pensar sobre quando e como começar as suas estratégias e ações.

2)  O mobile marketing é um guarda-chuvas de estratégias para fazer um app crescer. Existem várias estratégias dentro disso, algumas mais acessíveisque outras.

3) Para planejar quais estratégias deverão ser utilizadas inicialmente é FUNDAMENTAL descobrir qual o estágio do app. Cada fase (lançamento, crescimento ou top app) requer um tipo de estratégia de mobile marketing. Isso implica em uma maneira de trabalhar diferente.

Um app em fase inicial, por exemplo, necessita de um planejamento mais básico. Ninguém faz grandes investimentos assim, logo de cara. É importante testar as ações, os canais e ir aprendendo, com o tempo, o comportamento do mercado.

Depois de pensar em todos esses pontos, é hora de criar estratégias, formatos e visões para o marketing. E testar algunsos growth hacks mobile.

  Leia mais

Estratégias de aquisição baseadas na Jornada do Usuário nas lojas dos apps

Vamos propor um exercício interessante para discutirmos a Jornada do Usuário.

Qual foi o último aplicativo que você baixou? Pense nele. Agora, lembre o que te motivou a ir lá no campo de buscas das lojas e digitar as palavras-chave para encontrá-lo.

Talvez quando você reflita sobre o caminho que percorreu no momento em que baixou seu último app, comece entender mais sobre o comportamento de quem busca um aplicativo nas lojas.

Foi uma necessidade? Curiosidade? Um desejo? Uma resolução? Qual foi a sua intenção por detrás desse download?

Tudo o que você fez, buscar, encontrar a página do app e interagir com os elementos, consiste no que chamamos de  “hábitos mobile”.

Ou seja, o que você pensa, sente e o que te leva a tomada de decisão. O que te motiva no momento em que encontra um aplicativo que parece resolver suas dores e problemas?

Nesse ponto, você deve ter compreendido a importância, quase vital, de entender o comportamento do seu usuário. Essa é uma premissa fundamental para qualquer estratégia de aquisição.


Afinal, para atrair alguém é necessário conhecê-los. Faz sentido? Leia mais

Marketing para aplicativos: Como criar uma estratégia de sucesso

 

Atualmente já são mais de 2,2 milhões de aplicativos disponíveis na Apple App Store e mais de 3 milhões na Google Play Store, segundo a Business of apps.

Com tantos apps presentes no mercado, como fazer com que o seu desperte o interesse? A resposta é: Investir esforços em uma boa estratégia de marketing para aplicativos.

Sem uma boa estratégia de marketing, as pessoas não conhecerão seu aplicativo e não terão interesse em baixá-lo, mesmo que ele tenha uma ótima usabilidade. Abordaremos alguns pontos que você deve levar em conta na hora de criar uma estratégia de marketing para aplicativos, para que ele se torne um verdadeiro sucesso!

Leia mais

PLANEJAMENTO DE MARKETING PARA UM APP: O QUE FAZER E COMO COMEÇAR?

Agora que você entrou aqui, vamos começar um pequeno brainstorm.

Queremos que pare por dois minutos e pense qual o estágio do seu aplicativo ou do seu produto.

É um app em lançamento? Ou um app em crescimento? Ainda é o que chamamos de Top Charts Apps?

Sério, é importante que você saiba essas respostas antes de continuar.

O planejamento de marketing para apps começa assim que você definir exatamente qual a maturidade do produto. Isso é essencial para saber quais são os próximos passos.

E ainda para definir exatamente em qual ponto do roadmap do produto você deve começar a planejar o marketing. Afinal, timing é tudo.

Já sabe a resposta? Ótimo. Assim podemos continuar.

Aqui nesse post você vai aprender como iniciar o planejamento de marketing para apps orgânico e básico. O que resulta em um orçamento otimizado.

Leia mais

Com qual frequência devo atualizar as versões do app?

Todas as empresas voltadas para o consumidor devem investir em um aplicativo. Isso é evidente.

Não?

Bom, para isso separamos algumas estatísticas para mostrar com o que estamos lidando.

 

Em 2020, terão mais pessoas com celular do que com água e eletricidade.

Fonte: Visual Networking Index – Global Mobile Data Traffic Forecast”,Cisco

Os usuários de dispositivos móveis chegarão aos 5,4 milhões, 70% da população estimada para daqui dois anos e meio.

Fonte: Visual Networking Index – Global Mobile Data Traffic Forecast”,Cisco

Número de celulares no mundo, atualmente, passou dos 7 bilhões.

Fonte: União Internacional de Telecomunicações, UIT

O Brasil é o 6º mercado mundial de smartphones, superado apenas por China, Índia, Japão e Rússia;

46% dos internautas brasileiros que realizam pagamentos através de seu smartphone;

Fonte: Opus Software

 

Por isso, hoje em dia, é fundamental que todas as empresas que prestam um serviço B2C tenham um app. A dúvida em questão é, na verdade, quanto investir na atualização das versões do app.

Vale a pena atualizar um aplicativo com freqüência? Os clientes percebem?

O que vocês acham?

Leia mais