Guia prático do lançamento do aplicativo

Todos sabemos quanto é difícil desenvolver um aplicativo. E todos sabemos que no momento em que a primeira versão está pronta – o trabalho está apenas começando.

Poderia ser simples: Lançar nas app stores, começar a colher os frutos e, em pouco tempo, alcançar seus objetivos. Mas, infelizmente, o céu não é perto.

Com mais de 3 milhões de aplicativos disponíveis para downloads, destacar-se dos seus concorrentes torna-se absolutamente vital. Algo parecido mesmo com a Teoria da Revolução: Faça diferente ou você não tem a menor chance.

E pensar fora da caixa é refletir em como conseguir o maior número de downloads, atrair tráfego orgânico de qualidade e aumentar as conversões.

Nós já publicamos inúmeros conteúdos sobre estratégias de lançamentos e até jogamos uma luz sobre o fato de que algumas não são assim tão caras quanto se pensava.

Já dissemos o que deve ser feito ou o que não deve e mesmo sempre precisamos reforçar de que é uma péssima ideia lançar um app sem pensar no Marketing Mobile. Ou ainda acreditar que isso pode ser feito depois, em um futuro próximo.

As estratégias de lançamento e o Marketing Mobile são tão importantes para o produto quanto cada uma das funcionalidades.

Por isso, resolvemos, mais uma vez, criar um post exclusivamente para guiá-lo sobre quais os primeiros passos de uma estratégia de Marketing Mobile. É uma forma de incentivá-lo a focar nisso e nunca deixar para depois.

Ainda para te ajudar a entender mais sobre o assunto, separamos alguns posts:

Guia prático de como lançar o seu aplicativo

 

  1. Estabeleça as metas em curso

lancamento-do-aplicativo_2

 

O que você almeja com o seu aplicativo? É fundamental definir as suas metas estratégicas para depois pensar em como atingir seu público-alvo de modo contínuo. Esse definitivamente é o primeiro passo.

Lembre-se de traçar objetivos realistas, mensuráveis e relevante. E que estejam  diretamente relacionados à missão do negócio. Cada objetivo alcançado a empresa deve dar um passo em direção a visão.

Alguns exemplos de metas estratégicas:

  • Aumentar o número de downloads orgânico em até 20%;
  • Diminuir as desinstalações em até 30%;
  • Garantir um índice de conversão de mais de 40%;

Uma dica para definir suas metas SMART é  sempre começar a definição dos objetivos com um verbo. E depois, quantificá-los.

 

  1. Defina o plano de ação

Até aqui, as coisas eram mais simples. Agora, começa a complexidade e a beleza do Marketing Mobile.

Com as metas e objetivos em mãos, está na hora do que realmente pode ser feito para atingi-los.

Seria interessante se pudéssemos dizer exatamente quais as melhores estratégias para garantir que o seu aplicativo saia arrasando logo no lançamento.

No entanto, não existe uma receita de bolo pronta ou uma estratégia genérica de marketing para apps. Cada caso é um caso.

Existem muitas variáveis envolvidas. Essas aqui são algumas delas:

  • Budget
  • Metas
  • Situação do seu app.

O ideal é avaliar detalhadamente quais os melhores caminhos para o seu app.

Nós podemos te ajudar oferecendo uma análise personalizada gratuita e orientando sobre as estratégias existentes de Mobile Marketing atingir seus objetivos.

Também podemos te mostrar aqui quais são os caminhos possíveis dentro do marketing mobile para conseguir aumentar o número de downloads, que é uma das metas mais comuns durante um lançamento do app.

Mas como dissemos antes, nada é preciso e é necessário observar caso a caso.

 

Como aumentar o número de downloads desde o lançamento do aplicativo?

 

#1.Reflita sobre a descoberta

 

lancamento-do-aplicativo

 

Como os usuários encontrariam seu aplicativo? E por que continuariam usando?

As pessoas gastam em média cerca de 30 horas por mês em aplicativos.. Ao lado dos sites e das redes sociais, os aplicativos ocupam uma posição muito importante na vida delas.

Cada dia mais, os profissionais de marketing se dão conta de que uma boa parte das pessoas acessam as stores com o objetivo claro de baixar aplicativos que sejam úteis para suas vidas. E a maioria delas faz isso através da busca orgânica nas apps stores:

53% dos usuários de Android acham os apps através da busca nas apps stores;

Fonte: Roughly Half Of Users Are Finding Apps Via App Store Search, Says Study

40% dos usuários de iOS descobrem na Apple Store;

Fonte: Roughly Half Of Users Are Finding Apps Via App Store Search, Says Study

 

Para poder desenvolver uma boa estratégia de Marketing Mobile é necessário entender exatamente o que impulsiona o seu público alvo a ir atrás de um aplicativo como o seu.

 

#2. Escolha uma categoria adequada

 

Conhecendo o seu público-alvo, fica mais evidente qual a melhor categoria para encaixar seu aplicativo.

Selecionar corretamente a categoria do app é essencial para atingir seus objetivos com o produto, seja eles quais forem.

Como as categorias foram criadas para organizar os aplicativos dentro das lojas, fica mais fácil para os usuários filtrarem as buscas a partir da função do aplicativo.

Em outras palavras, escolher a categoria adequada aumenta a visibilidade, atrai tráfego qualificado e aumenta consideravelmente o número de conversão.

 

#3 Selecione as principais palavras-chave

 

Você já parou para pensar o que faz um aplicativo parecer em primeiro nas buscas orgânicas?

Fazer com que seu aplicativo seja encontrado na pesquisa do Google Play ou da Apple Store envolve uma série de fatores.

Trabalhando corretamente cada um deles, você consegue aumentar as chances de ser descoberto e, consequentemente, aumentar o número de downloads e usuários qualificados.

O processo de ASO é um aliado importante em conseguir aumentar a visibilidade do seu aplicativo. E consequentemente os downloads.

Assim como acontece com o SEO aplicado em sites e conteúdo, o ASO identifica as palavras-chave que uma pessoa geralmente usa para fazer uma busca sobre um determinado app.

Escolher cuidadosamente quais são as melhores palavras-chave em ASO para descrever seu aplicativo é inevitável – se você quiser realmente ser encontrado nas App Stores.

 

#4. Defina como atrair o tráfego qualificado

 

Quanto mais downloads você atrair para o seu app, melhor, certo? Não!!!

Com certeza, o aumento no número de instalações indica sucesso de alguma forma. Nós mesmos aqui do RankMyApp usamos esse valor como métrica.

Mas do que adianta conseguir um grande número de downloads e ficar apenas um dia no celular dos seus usuários? A retenção também é uma coisa que precisa ser constantemente trabalhada desde o lançamento.

Para garantir um espaço no smartphone do seu público é preciso conquistá-lo. E fazer isso é simplesmente selecionando quem vai encontrar o seu app e como.

Atrair tráfego qualificado é uma grande desafio. Uma das melhores maneiras de selecionar o seu público é investindo em ASO.

Outra é complementar essa estratégia com mídia paga e também estar presente nas diversas mídias sociais como Twitter, Facebook entre outras.

Redes sociais são uma excelente oportunidade de ampliar o diálogo entre seu app e seu cliente em potencial.

Esperamos que esse conteúdo tenha ressaltado alguns pontos importantes quando falamos de lançamento do aplicativo. Também mostrado algumas direções (e diretrizes) durante todo esse processo.

Adicione agora mais inteligência na estratégia de lançamento do seu app!  Faça agora uma análise personalizada (e gratuita) e conte com a ajuda e expertise do RankMyApp para alcançar resultados excelentes.

Precisamos conversar sobre categoria do app

Sim, esse é um papo que precisamos ter. Primeiro, porque a categoria do app ajudam os usuários a descobrir os aplicativos nas lojas.

Segundo, porque os orienta a achar aqueles que melhor encaixam nos seus critérios – assim como na resolução dos problemas.

Por isso, as categorias de apps são peças chaves tanto dentro de uma estratégia de ASO quanto de marketing mobile. Isso independe dos seus objetivos com o app.

As categorias de apps servem para organizá-los dentro das lojas. Dessa forma, fica mais fácil para os usuários filtrarem as buscas a partir da função do aplicativo.

Ou seja, escolher corretamente a categoria ideal para seu aplicativo aumenta a visibilidade, atrai tráfego de qualidade e, consequentemente, o número de conversão.

É importante analisar bem qual a categoria do app e definir qual melhor encaixa de acordo com o perfil do seu cliente ideal, com a proposta de valor do app e onde os seus principais concorrentes estão classificados.

E depois, claro, testar sempre outras categorias (Lembra que tudo dentro do Mobile Marketing é baseado em testes A/B?)

Aqui neste conteúdo, você vai entender mais sobre:

  • Como escolher as categorias corretas para os apps;
  • O que não fazer na hora de escolher os apps;
  • E mais sobre como tudo isso influencia na atração de tráfego orgânico e de qualidade.

Como escolher uma categoria para o app?

 

Nem sempre é fácil escolher uma categoria para o seu app. Ainda mais quando existem tantas opções. No Google PlayStore, existem atualmente 33 categorias enquanto na Apple AppStore existem 24 categorias.

 

categoria-do-app

As 33 categorias da Google PlayStore que seu aplicativo pode ser classificado

Mesmo que na Apple Store, você possa selecionar duas opções diferentes – uma primária e uma secundária – a primeira é a mais importante para a visibilidade do aplicativo na loja. A Apple deixa isso bem claro nos seus tutoriais.

Então, como escolher as melhores categorias para meu app? Bom, vamos dizer que você tenha um aplicativo de compartilhamento de fotos em redes sociais. E agora?

Melhor colocar como categoria principal Foto&Vídeo ou Redes Sociais na Apple Store? Entretenimento ou estilo de vida na Google Play?

Para decidir qual a melhor categoria para seu app, considere o seguinte:

 

  • A proposta do seu aplicativo: A categoria principal deve ser a que melhor descreve as funções do seu app.
  • Onde os usuários naturalmente buscam um app como o seu: Entender a sua audiência vai ajudar a identificar em qual categoria seus usuários ideais procurariam. Eles classificariam como rede social ou aplicativo de fotografia?
  • Em quais categorias seus concorrentes escolherem para os seus apps: Pesquise como os apps similares estão categorizados – os usuários já estão acostumados entrar nessas categorias para encontrar apps com propostas de valor parecidas com o seu.

Para entender mais sobre o assunto, sugerimos os seguintes conteúdos:
O QUE FAZ MEU APLICATIVO APARECER EM PRIMEIRO DENTRO DAS LOJAS?
COMO OS USUÁRIOS ENCONTRAM E POR QUE CONTINUAM USANDO SEU APP?
ONDE O ASO SE ENCAIXA EM UM PLANO DE APPS MARKETING?

O que não fazer na hora de escolher a categoria do app?

 

Na Apple Store, a maior concentração de apps estão na categoria jogos. Nem por isso, você vai classificar seu aplicativo nesta seção apenas por isso.

Por isso, aí vai uma dica do RankMyApp:

Não é recomendado incluir um aplicativo em uma categoria que tem relação nenhuma só porque é “popular”.

Tenha certeza de que a categoria selecionada ajude a promover uma ótima experiência do usuário. Inclusive, escolher categorias que não são apropriadas para seu aplicativo vai contra as diretrizes da App Store.

 

Como a categoria do app influencia no tráfego orgânico?

 

Para aprender a escolher melhor a categoria do apps, é importante entender como que funciona os rankings dentro das abas.

Os resultados de busca são ordenados por diversos fatores. Dentre eles estão:

 

 

E então? Ficou mais fácil entender porque tudo isso tem a ver com aquisição orgânica de usuários e ASO?

Uma das métricas utilizadas no processo de ASO é justamente o ranking do app na categoria.

Afinal, a otimização da página (modificação e atualização constante de texto e recursos gráficos) é um dos fatores que interferem positivamente na visibilidade do app na categoria.

Como dissemos acima escolher as categorias não necessariamente algo muito simples de fazer (por mais que pareça). Ficou claro de que não é uma atividade isolada na conquista de downloads orgânicos qualificados?

Faz parte de um conjunto de boas práticas dentro do mobile marketing para aumentar a visibilidade do apps nas lojas, onde o ASO é a peça-chave.

Até porque, atrair qualquer pessoa para a sua página é um grande desperdício de tempo e dinheiro. Não é nada interessante que alguém instale seu app por apenas um dia.

Sem contar que a retenção do usuário é um critério para que o aplicativo fique bem posicionado dentro das lojas.

Esperamos que esse conteúdo tenha sido bem esclarecedor nesse sentido. Como também tenha mostrado a importância da otimização da página do aplicativo nas lojas.

E se por acaso o ASO ainda não entrou no seu planejamento de Mobile Marketing, está na hora de rever seus conceitos!

Vamos mudar isso? Receba agora uma análise personalizada do seu aplicativo e acrescente inteligência no seu planejamento estratégico.  

 

 

,

ONDE O ASO SE ENCAIXA EM UM PLANO DE APPS MARKETING?

Você, profissional de marketing, já deve saber que aumentar a visibilidade de um aplicativo é desafiador.

Como também de que é a melhor forma de ser encontrado por quem você gostaria de ser encontrado é ranquear o aplicativo nas lojas.

Com mais de dois milhões de aplicativos publicados tanto na PlayStore quanto na AppleStore, fazer com que o seu aplicativo seja descoberto é uma das maiores dificuldades dos profissionais de marketing.

Como fazer isso?

Se você está no segmento de marketing mobile, é importante conscientizar-se de que existem várias estratégias para que seu aplicativo alcance as metas estabelecidas para o seu sucesso.

Uma delas é o App Store Optimization (ASO). Em conjunto com um planejamento de app marketing estruturado, esse processo aumenta as chances de ser descoberto pelo seu usuário ideal. Mais do que isso, influencia diretamente na tomada de decisão de instalar ou não.

Você pode até saber quais são as vantagens do ASO mas, pode estar em dúvida em que momento é importante começar com essas estratégias dentro da sua programação (e orçamento) de mobile marketing.

Nós gostaríamos aqui de mostrar onde o ASO encaixa nesse planejamento. Assim, você pode começar agora e alcançar os resultados esperados em menos tempo.

  Leia mais

, ,

Mudanças na PlayStore que impactam no App Store Optimization (ASO)

Com a constante busca de mais qualidade nos seus aplicativos, a Google PlayStore anunciou algumas atualizações nos algoritmos da loja. De acordo com o Android Developers Blog, o blog oficial de atualizações da Google, uma destas mudanças terá um impacto direto no App Store Optimization (ASO), uma vez que adicionará mais fatores aos rankings de apps nos resultados de buscas orgânicas e no processo de descoberta dos apps.

Essa mudança refere-se à estabilidade dos apps, diminuição de crashes e boa performance como fatores para determinar rankings nos resultados de busca, incentivando desenvolvedores a publicarem apps de melhor qualidade desde seu lançamento, ao invés de se concentrarem apenas em novas features e, consequentemente, novas atualizações. Ou seja, a performance técnica do app agora influenciará diretamente no posicionamento dele dentro da loja.

Leia mais

,

NÚMERO DE DOWNLOADS: POR QUE VARIA TANTO (MESMO FAZENDO ASO)?

Sejamos diretos: Tudo gira em torno do número de downloads do aplicativo.

Conseguir aumentar a visibilidade de um app ou galgar mais posições nos rankings nas buscas das lojas, são questões sempre presentes nas estratégias de mobile marketing, certo? Mas o questionamento principal sempre acaba sendo em relação a quantidade de downloads.

Quem começou agora a trabalhar com marketing mobile ou até aqueles profissionais mais experientes, com certeza, sentiram-se instigados a pensar sobre as constantes oscilações do número de downloads.

 

O que acha de adicionar mais inteligência no marketing do seu app? Receba agora uma análise personalizada do seu aplicativo!

 

Paralelamente, surgem as dúvidas em relação as métricas usadas no processo de ASO para conquistar novas instalações. Ou ainda para mantê-las no smartphone. Dentre outras.

Não podemos responder todas as suas perguntas mas pelo menos quando chegar ao final desse conteúdo, você sairá com algumas respostas.

Leia mais